25 outubro 2006

Medo



Subscrevo inteiramente a opinião deste leitor do Público (25-10-2006):

Medo no DocLisboa

Ontem o DocLisboa presenteou-nos com um fabuloso documentário da Inês de Medeiros. Várias senhoras falavam, sem medo, do seu apoio a Salazar, dos seus valores, da sua visão da vida. Falavam de uma forma aberta, como só uma sociedade verdadeiramente livre permite, numa conversa conduzida, por Inês de Medeiros, com tacto, equilíbrio, momentos de humor, mas sempre com um enorme respeito pela dignidade destas pessoas. (...)

Menos recomendável foi a atitude de suprimir a apresentação do documentário que devia ter aberto a sessão. De acordo com a comunicação lida no início, a curta-metragem Excursão, de Leonor Noivo, não foi transmitida por a empresa que organiza as excursões aí retratadas não a autorizar e a organização do festival ou a própria Culturgest temerem uma acção judicial.

Parece ainda haver alguns Salazares de vão de escada que assustam e metem medo a instituições que quando se encolhem se fazem pequenas. A Culturgest, apesar de ligada ao nosso maior banco, que estou certo deve ter um ou outro jurista capaz de fazer frente a um hipotético processo que, sendo tão claramente contra a liberdade de expressão (neste caso artística da Leonor Noivo), não teria dificuldade em rebater num tribunal do Portugal de hoje. A decisão dos organizadores pareceu ignorar isto, deixando o medo vencer a liberdade. Espero que, até ao fim do festival, tenham oportunidade de corrigir esta má decisão. Falem com um jurista. (...)

Manuel Caldeira Cabral
Carcavelos

3 comentários:

Hugo Alves disse...

Ignorância de quem não conseguiu - por razões várias - por os pês na Culturgest: como é que isso foi??

LA disse...

Como foi: não foi. A direcção do doclisboa leu um comunicado lacónico; da realizadora foi lido uma defesa mais substancial; mas ninguém viu o filme. Alguns blogs fizeram eco: http://search.blogger.com/?q=%22leonor+noivo%22+excurs%C3%A3o&hl=pt-PT&ui=blg

Hugo Alves disse...

ah. Estou a ver. Obrigado pelo esclarecimento. :-)