21 maio 2007

O Salto



Hoje no Instituto Franco-Português, às 22 horas, O Salto (1967), primeira obra de Christian de Chalonge, um filme sobre a emigração portuguesa para França, a única ficção feita sobre essa realidade, que no cinema português da época ficou eclipsada. Representou França no festival de Veneza e teve um prémio Jean Vigo. Com música de Luís Cília.

2 comentários:

Nuno Pires disse...

Só vi algumas das imagens do filme incluídas no documentário de José Vieira (que será exibido na próxima segunda-feira), mas parece-me ser um filme a não perder.

leonardo disse...

As imagens remetem o espectador para a experiência penosa e quase indescritível de quem deu o salto e, que só ele o sabe o saboer profundo de amargura que tal experiência provocou. As ideias que nós (os que ficamos) tínhamos da vida daqueles que fugiram... eram outras... mais buriladas...

Para ouvirem um excerto da banda sonora completa (e muitíssimo bela) de Luís Cília aceda a

http://www.luiscilia.com/index_ficheiros/salto.htm

bem haja quem começa a escrever a história de Portugal da emigração e da guerra...

leonardo verde