29 maio 2007

Pai e Filho



O diário do pai Quinze - de 15 em 15 dias - e as surpresas do menino Pedro:

«Ontem trazia uma novidade.
- O pai não é meu pai!
Acontecem estas revelações, não costumam ser os filhos a fazê-las, mas acontecem. Preparado para tudo não dei de mim quando perguntei:
- Não sou teu pai?
- Não. Nós somos todos filhos de Jesus e da Santa Maria e por isso o pai é meu irmão. Não é meu pai. Os meus amigos também são meus manos. Na Terra somos todos manos uns dos outros. (...)»

1 comentário:

disse...

Parabéns pelo blog!
Excelente conteúdo!

Visitem também:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Futebol e política num só!
Obrigado!